InglêsFrancêsEspanhol

Executar servidores | Ubuntu > | Fedora > |


favicon do OnWorks

lmove - Online na nuvem

Execute o lmove no provedor de hospedagem gratuita OnWorks no Ubuntu Online, Fedora Online, emulador online do Windows ou emulador online do MAC OS

Este é o comando lmove que pode ser executado no provedor de hospedagem gratuita OnWorks usando uma de nossas várias estações de trabalho online gratuitas, como Ubuntu Online, Fedora Online, emulador online do Windows ou emulador online do MAC OS

PROGRAMA:

NOME


lmove - move artigos para diretórios / news / group / number

SINOPSE


me mexer -d diretório [-c nome do arquivo] [-a nome do arquivo] [-e | -E nome do arquivo] [-l frase_arquivo]
[-D] [-A] [-h | -s]

OPÇÕES


-a nome do arquivo

Este é o local do arquivo ativo. Veja a descrição do arquivo abaixo. Se esta opção
não for fornecido, o padrão de "ativo" é usado.

-A

Lmove usa o arquivo ativo para determinar em qual número começar ao criar o arquivo
nome para os artigos em cada grupo. Se um programa externo ou pessoa colocar
artigos para os diretórios, ou altera os números no arquivo ativo, a possibilidade
existe para substituir acidentalmente artigos já existentes. Para evitar isso, eu me movo
verifica se um artigo já existe antes de mover um novo artigo para o diretório
árvore. Se já existir, o lmove aborta com uma mensagem de aviso nesse ponto.

Esta opção substitui a ação padrão. Se esta opção for fornecida quando o lmove for executado, então
O lmove continuará aumentando o número do artigo até descobrir que um não está sendo usado.

-c nome do arquivo

Este é o local do arquivo de configuração. Veja a descrição do arquivo abaixo. Se este
opção não for fornecida, o padrão de "lmove-config" é usado.

-d diretório

Esta opção é obrigatória. Este é o diretório que contém os artigos para o lmove colocar
na estrutura de diretório. Deve estar no mesmo sistema de arquivos que o diretório BASE
(veja ARQUIVO ATIVO abaixo), uma vez que alguns comandos de movimento do ..IX não podem mover arquivos entre os arquivos
sistemas.

-D

Esta opção diz ao lmove para registrar várias mensagens de depuração em debug.suck. Isto é
usado principalmente pelo desenvolvedor para rastrear vários problemas.

-e | -E nome do arquivo

Essas opções irão enviar todas as mensagens de erro (normalmente exibidas em stderr), para um alternativo
Arquivo. A versão em minúsculas, -e, enviará as mensagens de erro para o padrão compilado
definido em suck_config.h. A versão em maiúsculas, -E, requer o parâmetro de nome de arquivo.
Todas as mensagens de erro serão enviadas para este arquivo.

-l frase_arquivo

Esta opção diz ao lmove para carregar em um arquivo de frase alternativo, ao invés de usar o embutido
mensagens. Isso permite que você imprima frases em outro idioma, ou permita
você para personalizar as mensagens sem reconstruir o lmove. Veja a "LÍNGUA ESTRANGEIRA
FRASES "em suck.1 para mais detalhes.

-s

Esta opção diz ao suck para criar links simbólicos para artigos que são enviados para
vários grupos. O primeiro grupo na linha de grupos de notícias que está no arquivo ativo obtém
o texto real do artigo, quaisquer outros grupos que estão na linha dos grupos de notícias que também
existir no arquivo ativo obterá links simbólicos para o texto real. Isso é para que
leitores de notícias podem ver artigos com postagem cruzada em todos os grupos para os quais eles foram postados.
para. NOTA: Se um artigo for enviado para um grupo que não existe no ativo
arquivo, então um link não será criado.

-h

Esta opção é idêntica à opção -s, mas em vez de links simbólicos, os links físicos são
criada. Veja man 2 link e man 2 symlink para explicar as diferenças entre hard e
links simbólicos.

DESCRIÇÃO


Lmove pegará artigos em um único diretório (como aqueles recuperados com "suck"), e
coloque-os em uma árvore de diretório baseada em grupos de notícias. Lmove usa um arquivo "ativo" para
determinar onde colocar os vários artigos e acompanhar os mais numerados
artigos nesses diretórios. Lmove irá escanear cada artigo para encontrar um grupo correspondente em
o arquivo ativo e, em seguida, armazene o artigo no diretório desse grupo, aumentando o maior
número para esse grupo. Normalmente, uma vez que o primeiro grupo de um artigo é correspondido no
arquivo ativo, lmove passa para o próximo artigo, a menos que você use a opção -h ou -s acima.

CONFIGURAÇÃO ARQUIVO


O arquivo de configuração deve conter duas linhas:

BASE = / usr / spool / news
ATIVO = / usr / spool / notícias / ativo

O BASE = informa ao lmove o diretório base de todos os artigos. É aqui que estão os artigos
realmente armazenado.

O ACTIVE = diz ao lmove onde encontrar o arquivo ativo, descrito abaixo.

ACTIVE ARQUIVO


O arquivo ativo consiste em nomes de grupos de notícias, o número do artigo atual mais alto, o
o menor número de artigo atual e o status atual do grupo. Lmove usa apenas o
nome do grupo de notícias e número de artigo mais alto. Os outros campos são apenas reescritos, e não
modificado de alguma forma. Eles estão aqui para serem usados ​​por outros programas.

Exemplo:

comp.os.linux.announce 1000 1 ano

As linhas são uma lista dos grupos válidos nos quais o lmove armazenará artigos.
o número de artigo mais alto para um novo grupo deve ser 0 ou 1.

Após a conclusão, lmove moverá o arquivo ativo atual para "active.old" e escreverá um
novo arquivo ativo com os novos números de artigo mais altos. Quaisquer artigos não movidos para o
a estrutura do diretório é deixada no diretório do artigo original.

SAIR VALORES


0 em caso de sucesso, -1 em caso de falha.

Use lmove online usando serviços onworks.net


Ad


Ad